Artigo escrito por Sara Silva, promotora do projeto No Footprint Nomads.

12 Dicas Práticas para Reduzir o Desperdício na Cozinha + Receita

1.6 mil milhões de toneladas de produtos alimentares são deitados fora em todo o mundo (FAO, 2020). Em Portugal, o desperdício ronda 1 milhão de toneladas por ano e 20% do lixo corresponde a alimentos bons para consumo (Público, 2020). 

Como consumidor, tens responsabilidade nesses números já que o desperdício alimentar também acontece em tua casa. 

É possível reduzir o desperdício com pequenos gestos. O que podes fazer?  

1. Planeia as tuas refeições

Cria um calendário com as refeições principais e planeia o que vais comer. Faz uma lista dos ingredientes que já tens para usar nas refeições da semana. Prioriza alimentos que se estragam rapidamente. Prepara uma quantidade generosa para congelar em porções para o resto da semana.

2. Cria o teu livro de receitas favoritas

Ter receitas à mão ajuda no planeamento das refeições. Opta por receitas simples, rápidas, e saudáveis que tu e a tua família apreciem.

 3. Faz uma lista de compras

Esta é uma forma simples de evitar o desperdício e poupar dinheiro. Cria a lista com base nos ingredientes do plano de refeições para a semana. Não te esqueças de outros produtos básicos do dia a dia. Organiza os itens em categorias e adiciona produtos à lista de acordo com as necessidades. 

Eu uso a app Notion para a minha lista de compras que podes imprimir ou guardar no telemóvel.

4. Come algo antes de ires às compras

Os supermercados utilizam técnicas para nos fazer gastar mais. Por exemplo, o aroma e cor das frutas logo à entrada servem para abrir o apetite. Evita de ir às compras com fome. O mais provável é comprares coisas de que não precisas.

5. Limpa o frigorífico com regularidade

A regularidade fica ao teu critério. Ao limpar o frigorífico apercebes-te do que tem de ser consumido imediatamente e permite-te organizar os produtos de forma a usares o mais antigo primeiro.

 6. Evita comprar alimentos que tendes a deixar estragar 

Depois de limpares o frigorífico, deves ficar com uma boa noção dos alimentos que deixas estragar com mais frequência. Pergunta-te porque não os consumiste: ficaram escondidos? Simplesmente não gostas de os consumir? Ou podes armazená-los de forma mais eficiente para durarem mais tempo?

 7. Faz um caldo com as cascas e talos de vegetais

Temos o hábito de descascar tudo. Sabias que a casca e os talos são as partes mais nutritivas de muitas plantas (Storck et al., 2013)? Lava bem as cascas e os talos e guarda-os num saco ou recipiente no congelador. Quando tiveres o suficiente, faz um rico caldo de vegetais para adicionar a sopas ou molhos.

 8. Come alimentos com casca 

Outra opção é consumir os alimentos com a casca. Lava bem em água corrente e para frutos ou vegetais de pele rija, esfrega bem com uma escova de alimentos (CDC, 2020). Se puderes, opta por frutas e vegetais orgânicos para evitar consumir resíduos de pesticidas nas cascas. 

 9. Compra fruta e vegetais “feios”

Opta por comprar fruta e vegetais com manchas, marcas, ou formas estranhas. Podes tornar-te membro do projeto Fruta Feia e receber um cabaz todas as semanas por menos de €5. Desta forma, apoias agricultores locais e ajudas a escoar produto que, por razões puramente estéticas, iria para o lixo. 

 10. Ignora o “Consumir de preferência antes de”

“Consumir de preferência antes de” não é o mesmo que o prazo de validade. É uma indicação da garantia de qualidade ótima do produto até àquela data. Muitas vezes, os alimentos ainda estão perfeitamente bons para serem consumidos depois da data indicada na embalagem. 

A loja online Good After tem um catálogo de produtos em desconto perto do fim do prazo de consumo preferencial. 

11. Pré-prepara vegetais e frutas

Se tiveres vegetais e frutas já prontos a consumir ou a adicionar a receitas, é menos provável que os deixes estragar. Escolhe um dia ou dois da semana para pré-preparar vegetais e frutas. Eu gosto de o fazer no dia das compras. Algumas ideias:

  • . Lava e corta alguns vegetais para saladas ou para acompanhar com hummus;
  • . Corta maçã em fatias e guarda na frigorífico para comer com manteiga de amendoim;
  • . Branqueia brócolos, couve flor, cogumelos, e cenoura e congela para uma base de vegetais salteados; 
  • . Coze batatas (guarda as cascas!);
  • . Corta cebola, alho francês e cenoura em pedaços pequenos para o refogado.

 12. Faz chips de casca de batata

Esta é uma receita simples e deliciosa que podes experimentar para começares a reduzir o teu desperdício na cozinha. 

 Sê um agente de mudança!

Receita de chips de casca de batata

Ingredientes:

Batatas 

Azeite

Sal

Pimentão doce em pó 

Outras especiarias ao teu gosto 

. Lava bem as batatas. Podes usar uma escova reservada somente para alimentos. Descasca as batatas em tiras finas. 

. Coloca as cascas num pano limpo com o interior voltado para cima e deixar secar o excesso de humidade. 

. Transfere as cascas para uma bacia e tempera-as com sal, pimentão doce em pó ou outras especiarias ao teu gosto. Adiciona um fio de azeito e envolve as cascas nos temperos. 

. Aquece uma frigideira e adiciona as cascas quando esta estiver quente. Frita-as até ficarem ligeiramente douradas e estaladiças. 

. Coloca num recipiente de servir e come enquanto estão quentinhas! 

Add Your Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Top