A Alexandra e o projeto Saúde pela Boca

Olá! O meu nome é Alexandra e venho falar-te do Projeto Saúde pela Boca. Sou Alegre, comunicadora e bastante enérgica. Desde cedo que vejo a vida do lado de fora de qualquer confinamento mental ou intelectual. Acredito na vida como uma experiência que precisa ser vivida. Experimentada!

A Cozinha Macrobiótica cruzou-se no meu caminho em 2015 através de um livro do Francisco Varatojo, “Os alimentos também curam”. Devorei um livro, que é de estudo e consulta, numa tarde. Percebi que a forma como eu já via o mundo também existia à mesa! Seguiram-se workshops no Instituto Macrobiótico com a Geninha Varatojo, com o Marco Fonseca, com a Sónia Jordão e a Paula Azevedo. Segui a inspiração e aprendizagem com projetos independentes, li livros, pratiquei. Experimentei em mim e na minha família. Hoje somos 5. Eu e o Pedro tivemos 3 filhos. O Miguel com 4 anos, a Maria com 2 e a Marta com 1 ainda morno!

Percebi através da minha própria experiência como a alimentação é parte fundamental para o meu bem-estar. Terminou o sono depois de almoço, o pensamento perdido e a dificuldade de concentração. Acabou a necessidade de ir a correr comer um bolo e a alimentação passou a ter um propósito: equilíbrio. Físico, emocional, mental. A mudança alimentar trouxe-me equilíbrio. Trouxe-me auto-conhecimento bem como o conhecimento do mundo externo. Como sabiamente diz o Chef Marco Fonseca – “O nosso mundo interno é um reflexo do mundo externo.” Todos somos Um. Inteiros e integrados num mesmo meio, onde todos coexistimos. Sou apaixonada por desenvolvimento pessoal, e decidi, em novembro do ano passado, criar um projeto onde pudesse trazer o meu conhecimento e paixão para que outros tivessem ferramentas para transformarem as suas próprias vidas em experiências mais amorosas, mais respeitadoras, de si e do ambiente, mais completas, felizes e equilibradas. Afinal de contas, se estivermos bem internamente – saudáveis, equilibrados – será mais fácil caminharmos até ao encontro do sucesso e felicidade que todos procuramos, verdade?

Não acredito que todos sejamos iguais, e que a mesma coisa sirva a todos. Apesar de consumir raros produtos de origem animal e de defender que uma dieta vegetal é sem dúvida alguma mais sustentável para o planeta Terra, também compreendo que para algumas pessoas isto ainda é uma miragem. Então eu defendo o equilíbrio, a informação, o conhecimento, para que cada um possa dar o seu melhor por si, para si, pela sua família, pelo seu próprio mundo, confiando que mais tarde isso se espelhe neste grande planeta Terra. One small step for men, one giant leap for mankind” (Neil Armstrong).

O projeto Saúde pela Boca, vive do tempo livre que me resta de uma profissão de comercial de dispositivos médicos numa multinacional e de uma família com 3 filhos pequenos. Só pode mesmo ser Amor… Sim, eu sou profundamente apaixonada pelo Ser Humano. Acredito muito na luz que existe em cada um de nós. E mesmo que muitas vezes pareça apenas uma luz de Natal guardada numa caixa escura, lá esquecida no meio do caminho, ela pode virar um Sol. Gigante. É só preciso alimentá-la. Se possível com cereais integrais, legumes, proteínas vegetais de boa qualidade, pickles caseiros, sementes e algas, privilegiando o consumo biológico e sazonal e tendo em atenção o impacto ambiental e ecológico. Regar tudo com muito amor e deixar a Luz brilhar!

O projeto Saúde pela Boca consiste num conceito de workshops para grupos em locais públicos, Cook Coachings individuais ou em grupo, em casa e/ou on-line, com o propósito alinhado com as necessidades de cada um, e consultadoria a restaurantes. É super fácil executar um menu equilibrado para oferecer uma opção equilibrada num restaurante tradicional. E porque não incluir? Espero poder um dia encontrar-te por aí!

Abraço!

Alexandra

P.S. Instagram: @projeto_saude_pela_boca

Add Your Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Top