Produtos biológicos! Quais os benefícios do seu consumo?

Amigos do ambiente

Os produtos obtidos em modo biológico são provenientes de solos férteis, que são cuidados através do recurso a práticas naturais e que evitam a contaminação, empobrecimento e a erosão do solo.

A agricultura biológica respeita a biodiversidade dos ecossistemas e promove o desenvolvimento de espécies de sementes locais com elevado valor nutricional e regional.

A rotação e associação de culturas, adubação verde, entre outras, permitem não só manter a fertilidade dos solos e a biodiversidade das culturas locais mas também, permitem que haja um equilíbrio em todo o ciclo de produção, sempre em sintonia com os processos naturais.

Além do solo, todos os recursos naturais utilizados nesta prática são preservados, tais como os recursos hídricos (regas equilibradas e controladas), ar, entre outros. A energia solar é um recurso que também pode ser utilizado como recurso energético.

Concluindo, a agricultura biológica é amiga da ambiente, contribui para o equilíbrio dos ecossistemas e é um método que pode ser aplicado na revitalização das zonas rurais.

Qualidade certificada

Para um produto ser considerado biológico necessita de cumprir os requisitos estipulados no Regulamento (CE) n.º 834/2007 do Conselho de 28 de junho, relativo à produção biológica e à rotulagem dos produtos biológicos na União Europeia. As normas descritas neste documento são rigorosas e de caráter obrigatório. 

Saudáveis, seguros e possuem elevada qualidade nutricional e organolética

Como os alimentos são provenientes de solos ricos em nutrientes tais como vitaminas, sais minerais, compostos de carbono, entre outros, e são livres de fertilizantes artificiais, estes proporcionam ao consumidor uma alimentação saudável, livre de substâncias prejudiciais à saúde e mais rica a nível nutricional.

Para além da não utilização de fertilizantes sintéticos, na agricultura biológica também não se recorre a Organismos Geneticamente Modificados (OGM) e utilizam-se tratamentos alternativos aos produtos sintéticos no combate a doenças e pragas, protegendo o consumidor dos efeitos perigosos que estes possam ter na sua saúde.

Para além da saúde e da alimentação, também as qualidades organoléticas dos produtos saem beneficiadas. O ambiente saudável e natural onde crescem as plantas permite que estas desenvolvam excelentes qualidades organoléticas, a nível de sabor, odor e até visual.

Criação de postos de trabalho

A necessidade de mão-de-obra humana é maior do que na agricultura convencional. Logo, a agricultura biológica pode ser uma forma de criação de postos de trabalho permanentes.

Código de princípios e boas práticas

É um método que segue um código de conduta que permite que os operadores envolvidos na agricultura biológica, partilhem todos a mesma visão e contribuam para o desenvolvimento de práticas agrícolas mais sustentáveis, tendo sempre como base o respeito pela Natureza e pela preservação do futuro do Planeta.

Ariana Macieira

Fundadora do Simbiose

18/01/2020

Add Your Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Top